Uma Oportunidade Valiosa
Para Tomar Distância das Ilusões
 
 
Carlos Cardoso Aveline
 
 
 
 
 
A época do Carnaval é propícia para fazer um retiro e uma reflexão, trabalhando naquilo que é importante.
 
A filosofia esotérica ensina que a vida é simétrica. Cada vez que o barulho é celebrado, surge a possibilidade de vivenciar o silêncio. Quando a felicidade dos muitos é buscada na agitação, aumenta o mérito daqueles que escolhem o contentamento da alma. Como todo extremo, o exagero da irresponsabilidade gera o seu oposto.
 
Um velho ditado afirma: “a inteligência de um povo se mede pela força do seu amor ao silêncio”. E, de fato, milhões de pessoas dos países lusófonos apreciam a paz que surge na ausência de ruído.
 
Uma cidade barulhenta não impede que o Carnaval seja uma época de reflexão filosófica. Os melhores retiros independem da localização geográfica: o olhar interno do ser humano desperto inclui o cosmo. A sabedoria está presente na alma humana todos os dias do ano, e o carnaval é uma ocasião para procurar a essência do ser e ouvir a música do silêncio. Constitui uma época adequada para encontrar o sossego interior que encerra o mistério do tempo eterno.
 
Cada Carnaval traz, portanto, uma oportunidade sagrada para os povos de língua portuguesa: a possibilidade de recolher-se para pensar no que é decisivo.
 
Milhões de brasileiros vivem filosoficamente estes dias. Procuram locais sossegados junto à natureza para orar, meditar, repousar e buscar inspiração interior. Em Portugal, os cidadãos aproveitam o período de Carnaval para viver momentos de tranquilidade, passear e descansar.
 
Neste período do ano o indivíduo pode afastar-se dos automatismos da vida e pensar sobre o que é bom, belo e verdadeiro. A prática da simplicidade e um certo grau de ascetismo são especialmente adequados, porque reduzem a força expansiva da ingenuidade dos povos.
 
Em todas as curvas do tempo, os astros no céu abençoam o silêncio da paz interior. Embora a verdade universal não pertença a ninguém, todos têm livre acesso a ela.
 
000
 
Uma versão inicial do artigo acima foi publicada na edição de fevereiro de 2016 de “O Teosofista”, pp. 14-15, sem indicação do nome do autor.
 
Veja em nossos websites associados o texto “Algumas Ideias Sobre o Carnaval”, de Lima Barreto.
 
000
 
Em setembro de 2016, depois de cuidadosa análise da situação do movimento esotérico internacional, um grupo de estudantes decidiu formar a Loja Independente de Teosofistas, que tem como uma das suas prioridades a construção de um futuro melhor nas diversas dimensões da vida.
 
000 
 
O grupo SerAtento oferece um estudo regular da teosofia clássica e intercultural ensinada por Helena Blavatsky (foto). 
 
 
Para ingressar no SerAtento, visite a página do e-grupo em YahooGrupos e faça seu ingresso de lá mesmo. O link direto é este:
 
 
000